Garimpo Bem Rock

Com formação clássica, trio mantém sonoridade forte

ventre_editada3Guitarra, baixo e bateria. Simples assim. Com uma sonoridade forte que mostra todo o talento de um jovem trio de músicos. Assim é a banda Ventre, composta por Gabriel Ventura, Hugo Noguchi e Larissa Conforto.

Gabriel Ventura
Além da guitarra, Gabriel é o letrista da Ventre. ‘Falo do que sabemos falar. Com os relacionamentos vividos, acho que foi natural que os atritos e o que é bom dessa vida transparecessem no que eu escrevo’, conta.

Com o pai sambista, o guitarrista tem também um pouco de cavaco e banjo em sua formação musical. Mas são a guitarra e o violão os dois instrumentos com os quais trabalha e dá cara ao som da Ventre.

Hugo Noguchi
Tocando desde os 14 anos, Hugo é um militante do baixo. ‘Acho muito equivocado como as bandas lidam com o baixo. Há todo um enfoque na guitarra e região de frequências mais leves. Eu curto gravar com o bumbo para dar aquela pressão’, conta.

Hugo é um curioso. Curte rap, experimenta sonoridades eletrônicas e teclados midis, além de produzir outros artistas. Ele define seu baixo como uma mistura dos ritmos jamaicanos com melodias do Paul McCartney e do Smashing Pumpkins. ‘A gente também é muito fã dos old school, por termos sido criados daí, e de alguma forma isso aparece na maneira que a gente toca’, define.

Larissa Conforto
Em entrevista ao portal Noisey, Larissa relatou o tipo de preconceito que ainda enfrenta. ‘Mesmo tendo tocando em várias bandas, muita gente não acredita que faço isso profissionalmente. Sempre me perguntam se tenho força para tocar o meu instrumento, essas coisas’.

No entanto, a baterista vive uma relação de amor com seu instrumento desde a adolescência. ‘Ela (a bateria) que me escolheu. Sempre fui aficionada por bateria desde criança. Foi algo que veio no sangue. Nunca quis tocar outro instrumento.