Especial Notícias

Bandas nacionais fazem valer a pena chegar cedo ao Lollapalooza

O horário não ajuda, mas entre 11h45 e 15h15, o rock, e o rap, de artistas brasileiros darão as caras nos palcos do Lollapalooza 2018. Se o festival tomou grandes proporções e fecha suas noites com nomes famosos, a pitada alternativa ainda aparece com mais força nessa seleção brasileira.

O Bem Rock selecionou seis apresentações – descontado o palco de eletrônica e Mallu Magalhães, para este primeiro guia de shows, os que acontecerão na sexta-feira, dia 23 de março. São Paulo, Manaus, Cuiabá, Fortaleza e Natal estarão bem representados na capital paulista.

Se você quer curtir o Lolla desde o primeiro minuto, precisa estar no autódromo de Interlagos antes de meio dia, já que a banda Nem Liminha Ouviu deverá subir ao palco logo às 11h45. Dos seis shows até 15h15, o fã de rock terá de escolher quatro para assistir entre dois ou três palcos.

As principais ‘disputas’ pela atenção do público ficarão entre Nem Liminha Ouviu e Luneta Mágica, e depois Selvagens à Procura de Lei e Plutão Já Foi Planeta.

VEJA OS HORÁRIOS COMPLETOS DE TODOS OS SHOWS

NEM LIMINHA OUVIU
Horário: 11h45
Palco: Budweiser
Resenha do Lolla
Spotify

Nos palcos desde 2011, o projeto liderado por Tatola Godas, da 89FM e RedeTV, revisita músicas e bandas dos anos 80 que ficaram esquecidas .

Nesta terceira passagem pelo Lolla, já tocaram em 2013 e 2015, o grupo ainda irá colocar em seu setlist sua primeira canção autoral, ‘Não Tem Perdão’, uma ‘música politizada’. ‘É pro Lula, mas é pro Alckmin também. Não é um lado só. Eu votei a vida inteira no PT, estou decepcionado. Mas é para todo o lado’, disse Tatola em apresentação no programa ShowLivre.

Ao longo do ano, o grupo deverá lançar outros singles que, talvez, se juntem em um disco para o início de 2019.

LUNETA MÁGICA
Horário: 12h
Palco: Onix
Resenha do Lolla
Spotify

O Luneta Mágica é uma banda de Manaus que chega ao Lolla com dois álbuns no currículo: ‘Amanhã Vai Ser o Melhor Dia de Sua Vida’, de 2012, e ‘No Meu Peito’, de 2015. Em 2017, o grupo lançou um novo single, chamado ‘Parte’, que deverá ser parte do seu terceiro disco, a sair até o início de 2019.

Além da estreia no Lolla, o Luneta Mágica já tem outro grande festival em sua agenda. O grupo irá para os Estados Unidos, onde tocarão no SWSX. Nos dois, o Luneta levará sua música com boa dose de inspiração nos anos 60 e psicodelia.

Leia mais:

SELVAGENS À PROCURA DE LEI
Horário: 12h50
Palco: Budweiser
Site oficial
Resenha do Lolla
Spotify

Desde 2009 na ativa, o Selvagens à Procura de Lei também está retornando ao Lollapalooza Brasil – a primeira vez aconteceu na edição de 2014 do festival. Agora, o grupo de Fortaleza se apresenta em São Paulo com mais uma coleção de hits.

Lançado em 2016, o álbum ‘Praieiro’ é o terceiro na carreira dos Selvagens. Os dois primeiros são ‘Aprendendo a Mentir’, de 2011, e ‘Selvagens à Procura de Lei’, de 2013.

Em entrevista ao jornal ‘O Globo’, Rafael Martins, voz e guitarra no grupo, falou sobre o último disco do Selvagens. ‘São composições que flertam com outros estilos (reggae, funk, disco, xote) e tudo isso já estava dentro do nosso som, apenas nunca tinha sido explorado’, afirmou. E completou: ‘Somos uma banda essencialmente de rock, mas a cada trabalho queremos nos inovar.’

Leia mais:

PLUTÃO JÁ FOI PLANETA
Horário: 12h50
Palco: Axe
Site oficial
Resenha do Lolla
Spotify

O Plutão Já Foi Planeta é ainda uma banda jovem, mas com uma história já bem desenhada. Fundado em 2013, esse grupo de Natal com pegada indie e pop tem no currículo dois álbuns, um vice no programa Superstar, da Rede Globo, em 2016, além de várias mudanças em sua formação.

As mudanças continuam, mas durante os shows, e entre os atuais integrantes, variando os instrumentos que cada um toca. Será a estreia do Plutão no Lollapalooza. O grupo deverá variar entre os seus dois discos até aqui, ‘Daqui pra Lá’, de 2014, e ‘A Última Palavra Feche a Porta’. ‘Estrondo’, novo single anunciado para o dia 12 de março, também poderá fazer sua estreia em shows.

VANGUART
Horário: 13h40
Palco: Onix
Site oficial
Resenha do Lolla
Spotify

O indie rock do Vanguart já roda o Brasil há bastante tempo. O grupo de Cuiabá, fundado em 2002, tocará no Lolla pela segunda vez, a primeira foi em 2013. Agora, o show faz parte da turnê ‘Beijo Estranho’, promovendo o álbum de mesmo nome, quarto do grupo, lançado em 2017.

Segundo o site RockLine, o grupo deverá tocar por volta de 12 músicas, devido ao tempo reduzido de show no festival, sendo que aproximadamente cinco devem ser do último álbum. A música ‘Beijo Estranho, de mesmo nome do disco, fecha a apresentação. Segundo Helio Flanders, fundador do grupo, ela é ‘certamente a canção mais forte que a banda fez até hoje’.

Leia mais:

RINCON SAPIÊNCIA
Horário: 14h30
Palco: Budweiser
Site oficial
Resenha do Lolla
Spotify

Um rapper encerra a lista de indicações do Bem Rock no primeiro dia de Lollapalooza. Rincon Sapiência subirá ao palco Budweiser às 14h30 – mesmo horário de Mallu Magalhães no palco Axe.

Sapiência lançou em 2017 seu álbum oficial de estreia, ‘Galanga Livre’. No entanto, em 2014 o rapper já havia lançado SP Gueto BR, um EP com 10 músicas.

Afro Rap, ainda de 2017, e Área de Conforto, já de 2018, são os dois novos singles de Sapiência que podem aparecer no show. O último, inclusive, ganhou um clipe lançado neste início de mês de março.

Leia mais:

OUÇA A SELEÇÃO LOLLA-BRASILEIRA DO BEM ROCK NO SPOTIFY