Garimpo Bem Rock

Cafe Republica mostra seu iceberg psicodélico

cafe_450editada2Não podemos planejar quase nada. O single Almost Nothing Can Be Planned By Us, do Cafe Republica, é um simples resumo do que foi o nascimento dessa banda carioca. De um curso técnico de química saíram quatro dos cinco integrantes do grupo, formado em 2011.

O Cafe Republica é formado por Juca Sodré (baixo), Ygor Xavier (guitarra), Octavio Peral (voz e guitarra), Anderson Ferreira (teclado, sintetizador e voz) e Barbanjo Reis (bateria). No dia 1º de julho de 2016 o grupo lançou seu segundo EP – Ludere Occultant. O primeiro, Sweet Dive In Turtle’s Land, é de setembro de 2014.

Com inspirações como Tame Impala, The Doors, Pink Floyd e Os Mutantes, o Cafe Republica não foge do rótulo de ser uma banda psicodélica. Mas não fica apenas nisso. ‘Tudo bem pensarem que somos psicodélicos. Mas queremos mostrar que não somos só isso. Vamos agregando muita coisa’, afirma Juca Sodré.

ACOMPANHE O CAFÉ REPÚBLICA

O baixista, de qualquer forma, não se incomoda com a classificação. ‘Buscamos uns negócios diferentes, ligados ao rock progressivo. Mas a gente acaba não fugindo disso. É algo do qual mais nos aproximamos. Não é ruim. Quem está no meio musical tem que se encaixar em alguma coisa e algo que pensamos da música’, diz.

Em Ludere Occultant, ou ‘jogo de esconder’, o Cafe Republica mostra todo seu potencial psicodélico. Ou melhor, não mostra tudo, mas convida a descobrir suas particularidades escondidas abaixo da água. No lançamento, a banda referiu-se ao EP como ‘a parte do iceberg que se enxerga fora d’água’.

‘A impressão que temos de nossa música é que, quanto mais se escuta, mais coisas novas se encontra no meio delas. Coisas escondidas. Percebemos que fazemos uma música com parâmetros e coisas que não são visíveis. E o iceberg é isso. Tem que escutar mais para perceber esse resto do iceberg. No visual do clipe fazemos muito isso também’, explica Juca.

Cafe Republica - Ludere OccultantA experiência na área química também aparece como inspiração para o grupo. ‘Dá para dizer que sim’, diz Juca. ‘No clipe viajamos muito nisso. Eu trabalho em laboratório de análise. Estava mexendo em uma solução, vi umas coisas legais e deu uma inspiração. Mas mais ligado ao visual’, completa.

O resultado pode ser visto no belo clipe de Almost Nothing Can Be Planned By Us, primeiro single de Ludere Occultant. ‘Não escrevi a letra’, alerta Juca. ‘Mas tem tudo a ver com o que a gente pensa. O clipe retrata bem isso. As coisas acontecem de uma forma que nem sempre conseguimos evitar’, continua.

O baixista volta a ver relação com todo trabalho do Cafe Republica. ‘Nossa música funciona muito assim. Nem as nossas criações a gente consegue controlar. Às vezes o que fazemos de letra surge ao mesmo tempo em que fazemos a melodia. Às vezes as coisas surgem separadas. Então é bem fluido nosso processo de criação’, completa.

A gestação de Ludere Occultant começou em sessões ao vivo no estúdio da fotógrafa Luísa Mascarenhas, onde permaneceram “fabricando a viagem musical” por seis meses, até chegar na co-produção do Estúdio Novadema Records. A masterização foi realizada em Poons Head, estúdio de Rob Grant, produtor que tem, no currículo, bandas que inspiram os meninos como Tame Impala, Pond e Melody’s Echo Chamber.

Além da construção do EP pelo quinteto, a gravação tem a co-produção do Estúdio Meristema, feita por Vinícius Massolar e Dennis Guedes, responsável também pela mixagem.

VEJA ‘ALMOST NOTHING CAN BE PLANNED BY US’

OUÇA O CAFE REPUBLICA NO SPOTIFY

Tags