Invasão Gringa

Despedida nada: Red Hot ainda vem com novidades

Reprodução/YoutubeTrês ‘senhores’ na casa dos 50 anos e um ‘jovem’ se aproximando dos 40. Já encarando boatos sobre despedida, o Red Hot Chili Peppers trará seu mais recente álbum ao Brasil – ou parte dele.

O grupo norte-americano é um dos grandes destaques da próxima edição do Rock in Rio, fechando o festival no palco Mundo dia 24 de setembro.

Das grandes bandas que estarão no país ainda este ano, o Red Hot é um dos poucos que terá novidades a mostrar por aqui – seja porque nunca tocou em terras brasileiras, como o The Who, ou por ter álbum novo para apresentar.

Para esta sétima passagem pelo Brasil, e a segunda no Rock in Rio – o grupo tocou no festival em 2011, o Red Hot vem com sua mais recente turnê: The Getaway World Tour.

The Getaway, inclusve, é o nome do último álbum da banda. Lançado oficialmente em junho de 2016, o disco é o 11º de estúdio do Red Hot e estourou com o single Dark Necessities.

Esta música é a mais tocada na atual turnê, ao lado de By The Way, segundo o site Setlist.fm. Nas últimas apresentações do Red Hot na Europa, além de Dark Necessities, outras canções de The Getaway que têm aparecido nos shows são Go Robot, Goodbye Angels e The Getaway.

Outros sucessos do grupo têm aparecido nos shows, como Give it Away, do álbum Blood Sugar Sex Magik, e Californication, do disco homônimo.

APOSENTADORIA?
Recentemente o Red Hot foi alvo de especulações sobre uma aposentadoria. Tudo começou quando o baterista Chad Smith, de 55 anos, deu uma entrevista ao Eddie Trunk Podcast falando sobre as dificuldades de ele, Anthony Kieds (54) e Flea (54) encararem longas turnês.

‘Eu quero gravar discos, ainda amo gravar. Mas não sei se podemos continuar’, disse o baterista. ‘Eu não sei se conseguimos continuar com as longas turnês’, completou, lembrando que o guitarrisa Josh Klinghoffer, desde 2011 com o Red Hot, é o mais novo do grupo, com 38 anos.

Foi o suficiente para que a possibilidade de turnê de despedida ganhasse força. Mas Flea, em entrevista ao site TMZ, negou que o grupo tenha planos de parar. ‘É apenas uma conversa boba’, disse o baixista. ‘Nós começamos a banda há quase 35 anos e eu nunca soube o que viria depois. Eu acho que a energia da banda está aí, em curtir o momento’.

OUÇA THE GETAWAY NO SPOTIFY