Invasão Gringa

Megadeth chega com brasileiro e novo sucesso

mega_editada2A distopia do Megadeth está chegando ao Brasil. No próximo sábado a banda liderada por Dave Mustaine começa sua turnê por solos brasileiros. Serão seis shows durante 11 dias, variando canções do 15º e último álbum da banda, Dystopia, com grandes clássicos do metal.

A primeira apresentação acontece em São Paulo, no dia 7 de agosto. No dia 9 será a vez de Belo Horizonte receber o Megadeth. Depois, nos dias 12 e 13, a banda se apresenta em Brasília e Fortaleza, respectivamente. A turnê no Brasil acaba no sul, com um show no dia 16, em Porto Alegre, e o último no dia 18, em Curitiba.

Além do foco no novo álbum, lançado em janeiro de 2016, o Megadeth tem mais novidades na bagagem. Uma delas brasileira. O guitarrista Kiko Loureiro, ex-Angra, foi escolhido por Mustaine para fazer parte de sua banda, participando da composição do álbum e estando com o Megadeth em turnê desde 2015.

megadeth3Em entrevista ao site Guitar World, Mustaine elogiou a presença de Kiko na banda. ‘Ele deixa a música falar por ele, o que eu adoro. E ele é um ótimo cara para se estar junto’, disse o veterano. Outra mudança recente na formação foi entrada de Dirk Verbeuren, ex-baterista da banda sueca de metal Soilwork, após o ‘empréstimo’ de Chris Adler, que retornou à Lamb of God.

Além dos dois novos integrantes e de Mustaine, o Megadeth também tem ainda o baixista Dave Ellefson, um dos fundadores da banda, mas que, após pausa de dois anos do grupo, não retornou de imediato, em 2004, assumindo seu posto ao lado de Mustaine novamente apenas em 2010.

Com o sucesso dos primeiros meses de seu lançamento, Dystopia deve ser o álbum principal na setlist do Megadeth no Brasil. De acordo com o site setlist.fm, seis músicas do último disco foram tocadas no show do dia 30, em Quito, no Equador: Conquer or Die!, Dystopia, Fatal Illusion, Poisonous Shadows, Post American World e The Threat is Real.

O clássico Rust in Peace, de 1990, foi agraciado com cinco músicas: Dawn Patrol, Hangar 18, Holy Wars…The Punishment Due, Poison Was The Cure e Tornado of Souls. Outros clássicos, como Symphony of Destruction, A Tout Le Monde e In My Darkest Hour também foram eleitas para o início da turnê por solo sul-americano.

OUÇA DYSTOPIA NO SPOTIFY

VEJA CLIPES DE DYSTOPIA

Tags